Biodanza : ritmo natural da vida

E como é a Biodanza?
Biodanza es un sistema de integración afectiva, renovación orgânica e reaprendizaje de las funciones originales de la vida. (TORO, 2002 pg. 13)
É um sistema de desenvolvimento humano orientado para o estudo e o fortalecimento da expressão das potencialidades humanas, através da música, exercícios de comunicação em grupo e vivências integradoras.
A metodologia da Biodanza na formação de facilitadores é um conjunto pratico-teórico, estruturado em aspectos biológicos e psicológicos, que trabalham simultaneamente corpo e mente.
Sua prática, consiste na indução de vivências integradoras (ativação do núcleo afetivo) através da música, do canto, da dança e de situações de encontro em grupo. TORO,

A música tem papel fundamental dentro da Biodanza, ela evoca as vivências e os estados regressivos de transes integrativos, o cuidado na escolha das músicas é fundamental, pois elas podem desencadear diversos estados emocionais, deflagrando somatizações de emoções. As músicas antes de serem incorporadas no sistema de Biodanza são estudadas minuciosamente, com finalidade de avaliar os efeitos orgânicos e psíquicos. Os movimentos corporais são orientados de acordo com efeitos que produzem no organismo, movimentos específicos para tratar diferentes tipos de desorganizações físicas e psiquicas.
O movimento é proposto não como uma coreografia mais como a expressão de um estado de ser e estar no mundo. O facilitador propõe as vivencias de integração a partir do movimento, de posições geratrizes, que desencadeiam as sequencias de forma subjetiva, existem vários tipos de vivencia em Biodanza, e várias expressões da dança, como a dança de fluidez, a dança de integração, a dança das esferas, as danças rítmicas de conexão com a terra, as danças de oposição de forças, as danças em roda. Essas são realizadas individualmente em duplas ou em grupos.
A Biodanza propõe trabalhar com vivências que possibilitam a cada indivíduo entrar em contato consigo, com seu ritmo, e com o outro, percebendo suas pautas internas e seus processos de auto regulação e saúde. A sua prática continua, gera processos de integração psíquica, renovação orgânica e existencial.
Para Toro, essa transformação ocorre pois ela possibilita o desenvolvimento de expressão das funções vitais, dos potenciais genéticos presentes em todo ser humano. Rolando Toro nos propõe as 5 linhas de vivência, essas são responsáveis por ativar os canais biológicos pelos quais vão ser expressados os potenciais genéticos, de vitalidade, criatividade, sexualidade, afetividade e transcendência.
A origem conceitual da Biodanza, provém de uma meditação sobre a vida, do desejo de renascermos de nossos gestos despedaçados, de nossa vazia e estéril estrutura de repressão: provém com certeza da nostalgia do amor. (Toro, 2005, pg. 13)
A Biodanza surge como uma transgressão aos valores culturais contemporâneos as imposições de alienação da sociedade de consumo e das ideologias massivas e totalitárias. Uma possibilidade de inversão do sistema capitalista opressor e alienante, dicotômico e esquizo. A partir de uma mudança de paradigma proposta por Rolando Toro, essa proposta retira o homem do centro mais importante colocando a vida como fator principal a ser cuidado e referendado.
Segundo Garcia (2008) o sistema de Biodanza desenvolveu-se a partir de meditações e vivências pessoais do professor Rolando Toro Arañeda, psicólogo, antropólogo, poeta e pintor chileno. Rolando, nasceu em 1924, em Concepción no Chile. Ocupou a cátedra de Psicologia da Arte e da Expressão no Instituto de estética da Pontifícia Universidade do Chile e foi docente no Centro de Estudos de Antropologia Médica da Escola de Medicina da Universidade deste mesmo país. De acordo com Garcia em 1965, sendo membro docente do Centro de Estudos de Antropologia Médica da Universidade do Chile, Rolando realizou suas primeiras investigações com a música e com a dança em um hospital psiquiátrico com enfermos mentais.
Sua abordagem consistia em incluir a atividade corporal e estimular as emoções, através da dança, da música e do encontro humano. Iniciou então as sessões de dança com internos do hospital psiquiátrico dirigido pelo professor Augustín Tallez. Com o objetivo de induzir harmonia, tranquilidade e integração física e psíquica nos pacientes, Toro propôs danças harmoniosas e lentas geralmente com os olhos fechados. A observação revelava que esses tipos de exercícios traziam efeitos relevantes, pois conduziam com facilidade os enfermos a estados regressivos.
Depois de muitos anos de estudo, pesquisa e pratica, Rolando sistematizou o que ele veio chamar de modelo teórico da Biodanza, esquema que permite a visualização e aprendizagem do Sistema por ele criado, a partir de uma síntese simbólica, que orienta os estudos teóricos e práticos dessa pratica. O modelo teórico é utilizado na formação de facilitadores. Na base do modelo teórico encontramos os potenciais genéticos que são expressados a partir das linhas de vivência. Esses são alguns dos conceitos básicos para que possamos dar início a compreensão do sistema aqui descrito. Porém a compreensão profunda do sistema Biodanza se dá a partir da experiência vivencial de cada indivíduo.
A Biodanza se constitui de uma mudança profunda no estilo de vida pode ser considerada uma ferramenta da psicoterapia, em aspecto mais abrangente um sistema terapêutico. Pode ser aplicada em todas as fases da vida humana, da criança ao idoso. Ela permite a percepção e o desenvolvimento de nossos potenciais e de nossa subjetividade. Elaborando e oportunizando as relações de vinculo e a convivência interpessoal, a pedagogia do encontro, possibilitando a aprendizagem de forma afetiva, colaborativa, vivencial. Uma nova perspectiva de abordagem e das práticas de ensino aprendizagem.
O curso de formação de Biodanza tem o período de duração de três anos, e seu conteúdo curricular é vasto, composto por conhecimentos das diversas áreas do saber. Biologia, Anatomia, Filosofia, Psicologia, Dança, Música, Neurociências, dentre outros. No próximo item trago alguns conceitos básicos para compreensão do sistema Biodanza. A vivência e as linhas de vivência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s