A Roda: Uma proposta de Reorganização do espaço de ensino e aprendizagem

 

roda

“Essa ciranda não é minha só ela é de todos nós ela é de todos nós.” Dona Lia do Itamaracá Cirandeira

O formato circular, as espirais, as mandalas são símbolos que permeiam a abordagem da educação Biocêntrica e propõe um deslocamento do olhar do educador e de sua organização no espaço de trabalho, a sala de aula. A prática da roda ou do círculo é uma forma ancestral de unir as pessoas, um instrumento de mediação, que permite a integração e a horizontalização do olhar.

Em Roda reuniam-se nossos ancestrais, os ciclos da natureza, do sol e da lua, as estações do ano, o movimento da Terra e dos planetas em torno do sol, se constituem a partir do formato espiral, circular, cíclico.

A roda simboliza os ciclos da natureza, o início e o fim, as polaridades energéticas, o feminino e o masculino. Para LÉXICON, Herder (1990), a roda liga ao simbolismo do círculo ao movimento que o modifica, e ao devir incessante. C.G. Jung vê a roda como símbolo da unidade na diversidade.A tradição da roda percorre os tempos e se ressignifica na educação Biocêntrica, em roda vivenciamos os rituais de vínculo afetivo, as histórias, danças e cantigas. O desenvolvimento da afetividade, da percepção ampliada e da expansão da consciência ética, que é prioridade na vivência pedagógica.” (CAVALCANTE, Ruth, pg.)

A Roda de histórias de vida faz parte da metodologia da educação Biocêntrica, esta, estimula os participantes a relembrarem suas próprias histórias, sua ancestralidade, seus mitos, e arquétipos pessoais, possibilitando o encontro consigo e com o outro, no exercício da alteridade. A roda é um elemento importante presente nessa abordagem.

Na roda percebemos nossa identidade com o outro, ao mesmo tempo que reconhecemos nossa singularidade também acolhemos a presença única de cada um, desenvolvendo gradativamente o respeito e a valorização das diferenças. (ANDRADE, Elisiária, 2009, pg.31)

Espaço de expressão individual e coletiva, que viabiliza a troca de experiências de saberes e fazeres, facilita o diálogo e as vivências. Essa formação espacial, permite a experiência de horizontalização do olhar, num delicado exercício de reconhecimento da alteridade e das subjetividades presentes.

Dentro dessa abordagem a Roda e o círculo tem papel essencial e organizador da prática metodológica. A Roda se traduz num momento de escuta, reflexão e dialogo gerados a partir de eixos temáticos. Esses eixos são escolhidos para impulsionar a construção do conhecimento de forma dialética vivencial e coletiva. Na roda todos os participantes tem a oportunidade de se olhar, de refletir, e dialogar sobre o tema proposto, transformando-se num espaço democrático de construção social cultural e política.

A educação Biocêntrica dialoga através da pratica política do Círculo de Cultura, descrito por Freire. O conceito do círculo de cultura, foi incorporado pela Educação Biocêntrica e pelo Sistema de Biodança, esse passa ser um instrumento que compõe metodologicamente essas abordagens. O círculo é uma importante instrumento metodológico que vem sendo recriado, ampliando a ideia original do Educador Paulo Freire. Dentro da educação Biocêntrica há vários tipos de círculos. Roda de histórias de vida, Roda de diálogo, Roda de acolhimento, Círculo de afirmação da palavra, Círculo de leitura de imagens, dentre outros.

O Círculo de Cultura foi criado por Paulo Freire na década de 60 se originou do movimento de cultura popular do Recife, onde Freire trabalhou ao lado de outros educadores e comunidades, na valorização da cultura popular, propondo a participação popular na construção política social cultural brasileira. Esse, é um instrumento de expressão, um espaço de interação pessoal para aprendizagem individual e coletiva.

Na visão da autora Ruth Cavalcante (2012), o círculo, atende as propostas educativas da educação dialógica e da educação Biocêntrica, na aplicação de seus conceitos e marcos teóricos e metodológicos. Abre caminhos para um diálogo que acontece na teia de relações sociais, fortalecendo os vínculos, o diálogo através de palavras geradoras, gerando construção de conhecimento e desenvolvimento de vínculo afetivo.

O círculo de cultura na concepção da educação Libertadora é um espaço circular de expressão do ser. Partindo da codificação da realidade, o educando procede a decodificação para voltar a codifica-la. É portanto um espaço reflexivo e participativo, onde o ser é reconhecido como individualidade dentro do coletivo. (CAVALCANTE, 2012, Ruth, pg. 34)

Nesse trabalho o conceito Circulo ou Roda, é trazido como uma proposta de mudança e reorganização das práticas e do espaço de ensino aprendizagem, uma mudança profunda nas relações humanas dentro do contexto escolar, professores e alunos, alunos e alunos, coordenadores, diretores e pedagogos, uma transformação de cunho político social e cultural, mexendo com bases sólidas de um mecanismo construído a partir de um sistema de submissão, deixado como herança de uma ditadura, uma militarização dos sistemas de ensino, que atuam a partir de mecanismos de regulação pautados na repressão do corpo, do movimento e da expressão dialógica.

Propondo pensarmos numa desconstrução de padrões utilizados há séculos dentro das salas, onde os alunos ficam sentados, enfileirados, olhando para as costas dos colegas. Uma mudança espacial, relacional e afetiva, recriando o espaço da sala de aula, transformando-o em um lugar de movimento, de troca de saberes, de horizontalização do olhar e de reconhecimento da alteridade.

No próximo item vou discorrer sobre o Princípio Biocêntrico, proposto por Rolando Toro Arañeda. Uma proposta de ressignificação dos valores anti-vida, para os valores que exaltam a vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s